Estenose de Canal

Se caracteriza pelo estreitamento do canal vertebral que comprime as estruturas neurológicas no seu interior produzindo dores   que se irradiam para as pernas com fraqueza em casos mais graves.

O canal vertebral  é o espaço onde estão as raizes  lombares dentro do saco dural.

O estreitamento acontece devido a:

  1. degeneração discal;
  2. degeneração das articulações facetarias;
  3. Devido ao escorregamento da vertebra ou espondilolistese;

  1. Devido a pedículos curtos congênitos;
  2. outros

Na estenose causada pela degeneração discal , espículas ósseas no disco intervertebral crescem para dentro do canal junto com proliferações ósseas das articulações facetarias. Isto contribui para a diminuição do espaço disponível para as raízes nervosas.

A estenose pode ocorrer no centro do canal vertebral (estenose central), onde a medula espinhal está localizada, no local onde a raiz sai do canal central (estenose do recesso lateral) ou no forame lateral (estenose foraminal), onde as raízes saem para fora do corpo vertebral.

Sintomas de estenose do canal lombar

Na estenose da coluna lombar, que é a mais comum, temos dores nas costas  que se irradiam para as pernas e que podem ser acompanhadas da perda de forças e também de amortecimentos.

Normalmente os sintomas aparecem quando o paciente fica em pé ou caminha.

Muitos relatam a impossibilidade de caminhar curtas distâncias, pois as dores   se tornam tão intensas que é necessário interromper a caminhada e descansar.

A essa situação dá-se o nome de claudicação neurogênica.

Algumas posições podem aliviar os sintomas da estenose inclinando o corpo para frente ou ficando sentado com o corpo inclinado para frente. Esta posição alivia a pressão sobre os nervos.

Posições que flexionam o corpo para frente produzem alivio dos sintomas na maioria dos casos.

Uma situação muito descrita é a melhora das dores ao empurrar um carrinho de compras por exemplo. Nesta situação mantemos o corpo inclinado para frente  produzindo alivio dos sintomas pois abre o espaço no canal vertebral.

Diagnóstico de estenose do canal

O diagnóstico é feito através de exames como raio x com contraste e ressonância magnética que vão mostrar o tamanho da compressão. A tomografia também é utilizada para avaliação das compressões de origem óssea

RX

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

TOMOGRAFIA

Opções de tratamento

Inicialmente o tratamento não cirúrgico baseado em fisioterapia uso de medicação e os bloqueios de dor  são utilizados .

Se não obtivermos melhora então indicamos o tratamento cirúrgico.

Tratamento não cirúrgico

  • Fisioterapia
  • Medicação
  • Tratamento da dor
    • Bloqueio epidural lombar
    • Bloqueio radicular lombar

Tratamento cirúrgico

 

  • Descompressão medular minimamente invasiva (over the top)

 

  • Descompressão + Artrodese  Minimamente Invasiva
    • Método XLIF
    • Metodo ALIF
    • Método TLIF
  • Descompressão Medular aberta

MAIS TRATAMENTOS

Hernia de Disco Lombar

Hernia de Disco Cervical

Protusão Discal

Discopatia Degenerativa / Desgaste do Disco

Escoliose da Criança e Adolescente

Escoliose do Adulto

Dr. Juliano Lhamby é ortopedista especializado em Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva. Por dois anos realizou treinamento nos EUA no tratamento das doenças da coluna.
Leia Mais
Em breve!
Leia Mais

REDE CREDENCIADA

Loading map...

Loading

Tel: (11) 3501-3196

Dúvidas, sugestões, entre em contato com o formulário