Espondilolistese / Escorregamento da vertebra

A espondilolistese  é uma condição na qual uma vértebra “escorrega” para a frente em relação à vértebra de baixo.

Este escorregamento da vertebra pode ocorrer pela degeneração do disco intervetebral  ou então por uma pequena fratura da parte posterior da lamina chamada de pars interarticular que conecta as duas articulações facetarias

O problema pode causar dores nas costas e nas pernas se houver compressão radicular. A região mais afetada é a coluna lombar e principalmente os níveis L4/L5 e L5/S1.

A espondilolistese ou escorregamento quando se origina pela fratura do para interarticular normalmente acontece na infância e adolescência devido a um stress local na maioria das vezes.

A espondilolistese quando acontece no adulto, se chama de espodilolistese degenerativa e ocorre pela degeneração do disco intervertebral, levando ao escorregamento da vertebra e instabilidade.


Sintomas da  espondilolistese

A queixa mais comum é a dor nas costas ao nível lombar que começa muitas vezes na adolescência e cresce durante a idade adulta à medida que o escorregamento aumenta.

Quando temos compressão neurológica acentuada, o paciente sente dor e amortecimento nas pernas e pés enquanto caminha. Estes sintomas podem ocorrer até mesmo caminhando pequenas distâncias.


Causas da  espondilolistese

Existem diferentes causas para esta patologia sendo as causas mais comuns as seguintes:

  • Por alterações degenerativas (artrites)
  • Congênitas (nascer com anormalidade predeterminada),
  • Por trauma  (quedas, acidentes, fraturas etc)
  • Outras

 

É caracterizada pela percentagem de escorregamento de uma vértebra sobre a outra e um escorregamento de 50% é considerado alto grau (foto7).

Opções de tratamento

Usualmente o tratamento é não-cirúrgico. Fisioterapia para reforço da musculatura posterior e dos músculos do abdômen pode resolver o problema.

Somente quando os métodos não-cirúrgicos começam a falhar, o tratamento cirúrgico passa a ser indicado.

Tratamento não cirúrgico

  • Medicações
  • Fisioterapia
  • Tratamento da dor
    • Denervação facetaria lombar
    • Bloqueio radicular lombar

Tratamento cirúrgico

  • Fusão vertebral minimamente invasiva
    • Método XLIF
    • Metodo ALIF
    • Metodo TLIF

 

MAIS TRATAMENTOS

Hernia de Disco Lombar

Hernia de Disco Cervical

Protusão Discal

Discopatia Degenerativa / Desgaste do Disco

Escoliose da Criança e Adolescente

Escoliose do Adulto

Dr. Juliano Lhamby é ortopedista especializado em Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva. Por dois anos realizou treinamento nos EUA no tratamento das doenças da coluna.
Leia Mais
Em breve!
Leia Mais

REDE CREDENCIADA

Loading map...

Loading

Tel: (11) 3501-3196

Dúvidas, sugestões, entre em contato com o formulário