Discopatia Degenerativa / Desgaste do Disco

A degeneração do disco lombar (discopatia degenerativa) é um processo de desgaste  que ocorre no disco intervertebral, particularmente no núcleo pulposo. Esta degeneração do disco, com o tempo, leva o paciente a um quadro doloroso.

As vértebras da coluna são separadas por pequenos amortecedores fibrocartilaginosos conhecidos como discos intervertebrais (foto 1). Estes discos proporcionam suporte estrutural para a coluna e agem como uma estrutura que absorve sobrecargas criadas em determinados movimentos.

Contudo, a idade, as lesões repetitivas e a tendência  genética de cada pessoa, podem acelerar o desgaste em determinados indivíduos, resultando no aparecimento precoce das dores nas costas.

Como temos  um escasso suprimento sangüíneo no disco intervertebral, não há capacidade de regeneração apos o inicio da patologia.

Com o aumento deste desgaste  as rupturas internas acontecem em grande quantidade, levando a diminuição do espaço discal intervertebral (foto 3).  Esta redução do espaço discal produz compressão dos nervos da coluna( fig 4) . O nervo mais comprometido normalmente é o ciático, que leva dores até as pernas e pés.

Sendo assim com o agravamento da degeneração do  disco intervertebral teremos um paciente  com dor lombar e também dor irradiada para as pernas

Sintomas da degeneração do disco lombar

O principal sintoma da degeração discal, popularlarmente conhecida como desgaste do disco, é a dor lombar em faixa. Esta dor esta localizada na parte baixa da coluna (foto 6), podendo descer até próximo aos joelhos.

Quando há compressão do ciatico por exemplo,temos dor irradiada até a altura dos joelhos e pés. (fig 7)

Muitos pacientes têm algum grau de dor lombar crônica com episódios intermitentes de dor severa. Usualmente, a dor lombar se intensifica quando ficamos em pé ou sentados por algum tempo. Dobrar o corpo para frente, girar o corpo ou levantar algo, geralmente pioram o quadro de dor lombar.

Opções de tratamento

O tratamento não-cirúrgico pode ser feito através de medicação, fisioterapia e métodos para tratamento da dor como bloqueios, radiculotomias etc.

Quando não se atinge um bom resultado, utilizamos métodos cirúrgicos como a  artrodese/fusão minimamente invasiva.

Tratamento não cirúrgico

  • Medicações
  • Fisioterapia
  • Tratamento da dor

Denervação facetaria

Bloqueio do ganglio de L2

Laser intradiscal

Tratamento cirúrgico

  • Artrodese/Fusão vertebral Minimamente invasiva.(Artrodese)

Método XLIF/LLIF

Método ALIF

Metodo TLIF

 

 

MAIS TRATAMENTOS

Hernia de Disco Lombar

Hernia de Disco Cervical

Protusão Discal

Discopatia Degenerativa / Desgaste do Disco

Escoliose da Criança e Adolescente

Dr. Juliano Lhamby é ortopedista especializado em Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva. Por dois anos realizou treinamento nos EUA no tratamento das doenças da coluna.
Leia Mais
Em breve!
Leia Mais

REDE CREDENCIADA

Loading map...

Loading

Dúvidas, sugestões, entre em contato com o formulário